Os consumidores norte-americanos gastaram 1,8 mil milhões de dólares em conteúdos online como música, sites de dating e informação empresarial e financeira durante o ano passado, segundo revela um estudo realizado pela Online Publishers Association em parceria com a comScore Networks. Os valores apurados estão 14 por cento acima da despesa realizada no ano anterior.



A área do entretenimento foi aquela que mais cresceu face a 2003 (90%), impulsionada pela compra de música, contribuindo com 413,5 milhões de dólares para o total registado. Os sites para a promoção de encontros amorosos - o famoso dating americano -, continuam a liderar os gastos dos americanos em conteúdos online, representando 469,5 milhões de dólares dos 1,8 mil milhões registados no ano passado, num crescimento de 4,4 por cento. A despesa em informação empresarial e financeira caiu 6,3 por cento, para os 312,9 milhões de dólares.



Os jogos e o desporto surgem igualmente como categorias vencedoras em 2004, com, respectivamente, crescimentos de 21,8 por cento para os 88,8 milhões, e 38 por cento para os 52,8 milhões.



Face aos resultados do estudo, os responsáveis falam da passagem da Web de um meio de informação para um meio de entretenimento. "Os géneros que têm crescido estão relacionados com o entretenimento, como a música e o vídeo e jogos interactivos", mencionam.



Este crescimento é atribuído à crescente utilização da Internet de banda larga e também ao facto da primeira geração-Web de americanos estar agora a transformar-se em consumidores.



Notícias Relacionadas:

2005-02-03 - Americanos mais insatisfeitos com experiências de compra online

2004-12-24 - Hábitos de compra online no Reino Unido aproximam-se dos Estados Unidos

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.