Há muito que correm os rumores de que a Google estaria a desenvolver uma plataforma de streaming para videojogos. Agora, a espera parece ter chegado ao fim. Esta segunda-feira, a empresa de Mountain View apresentou o Project Stream. A gigante norte-americana chama-lhe um “teste técnico”, mas este produto representa as fundações de um serviço que pode vir a colocar a Google na primeira fila desta indústria milionária.

Em suma, o Project Stream consiste num website, onde vai ser possível jogar videojogos por streaming. O primeiro título a ser testado é da Ubisoft, vai estar disponível a partir do dia 5 de outubro, e é o mais recente capítulo de uma saga com história: Assassin’s Creed Odyssey.

Inicialmente, a Google vai dar acesso livre, mas limitado, a um grupo de utilizadores, que poderá testar o jogo de forma gratuita. Para se habilitar a participar nesta fase, terá de se inscrever através deste link. Os convites serão emitidos no dia 5 de outubro.

A Google sublinha que era importante começar com um jogo de primeira linha, uma vez que este representará um grande desafio para o sistema – e para que uma plataforma destas funcione, é essencial que o serviço apresente uma latência mínima e uma performance gráfica consistente. “Quando assistem a series ou a programas de televisão por streaming, os consumidores sentem-se confortáveis com alguns segundos de carregamento no início, mas o streaming de jogos de alta qualidade obriga-nos a medir a latência ao milissegundo, sem que isso implique qualquer redução de qualidade nos gráficos dos jogos”, sublinha a empresa em comunicado.

Para participar na fase beta, terá de ter uma ligação à internet que lhe garanta velocidades de 25 megabits por segundo; 17 anos de idade; e ser residente nos EUA. Adicionalmente, terá também de ter uma conta Google e uma conta Ubisoft. Mais importa dizer que o serviço vai suportar controladores wireless da PlayStation 4 e da Xbox One e 360, mas também poderá, se preferir, jogar com rato e teclado.

A comercialização do Project Stream está certamente no horizonte, mas a empresa só deverá dar novidades a esse nível depois de analisar os resultados desta fase de teste.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.