A Google está a preparar-se para lançar um serviço para navegação na Internet através da televisão. A notícia é avançada pelo The New York Times, que cita uma fonte "com conhecimento do projecto".

Com um interface adaptado ao formato televisivo, a Google TV deverá permitir a pesquisa online, baseada numa versão nova e optimizada do Chrome, mas também o acesso a programas como o YouTube, jogos e redes sociais.

De acordo com a mesma fonte, o projecto para criação da nova plataforma está a ser desenvolvido em parceria com a Sony, a Intel e a Logitech e deverá contemplar o acesso tirando partido, tanto da nova geração de televisores com ligação à Internet, como de caixas descodificadoras que estão a ser preparadas pelas empresas.

A tecnologia que promete trazer a Google para a sala de estar será baseada no sistema operativo de código aberto para telemóveis Android e vai usar chips Atom da Intel. Está prevista também a criação de um teclado remoto e de pequenas dimensões, acrescenta o jornal - que diz ainda que faz parte da iniciativa abrir a plataforma à colaboração dos programadores, fornecendo um kit de software para o efeito.

Segundo afirma o The New York Times, apesar das empresas se recusarem a comentar, estarão a trabalhar no projecto há vários meses, tendo já iniciado os testes às caixas descodificadoras, em parceria com a Dish Network, um fornecedor de televisão por satélite.

A confirmarem-se, os planos da Google não constituem um conceito totalmente novo, sendo várias as empresas a manifestaram interesse em fornecer conteúdos de Internet adaptados à navegação a partir de televisores. A principal concorrente da Google no mercado das pesquisas, a Yahoo, anunciou em 2008 uma parceria com nomes como a Intel, Samsung, Toshiba, Twitter, CBS ou Blockbuster para criação do Widget Channel, que visa garantir acesso a algumas aplicações de Internet enquanto se vê televisão.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.