O Google Maps está a ser redesenhado para acomodar mais detalhes do que nunca. A gigante norte-americana adianta que a atualização vai ser aplicada a todos os países, desde as zonas metropolitanas às aldeias, e permitirá distinguir, com mais facilidade, os elementos naturais do restante ambiente. A atualização tanto serve para florestas, como para praias, desertos, calotas glaciares, etc.

A empresa diz ainda que algumas cidades vão ganhar mais detalhes. Todas estas atualizações são possíveis graças às imagens captadas pelos satélites da Google que, graças a uma nova técnica de processamento, conseguem fazer uma distinção muito mais clara entre os diferentes espaços naturais.

Nas cidades, onde antes o Maps era capaz de identificar ruas, serão agora exibidos os passeios, as passadeiras e outros elementos que possam ser convenientes aos pedestres. As ruas também deixaram de ser todas do mesmo tamanho. Em vez disso, serão representadas à escala. Nova Iorque, São Francisco e Londres são três das cidades onde poderemos ver estas novidades.

O update que destaca as zonas naturais vai ser lançado ainda esta semana, ao passo que o das cidades só chegará nos próximos meses. Este último vai acabar por impactar outras cidades, uma vez que a Google tem planos para o expandir para além deste grupo inicial de metrópoles.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.