Parece ser um resultado que agrada aos editores, o que foi hoje obtido depois de uma reunião entre o executivo europeu e a Google a propósito do Google Books. A empresa norte americana comprometeu-se a retirar da lista de livros todos os títulos que ainda estejam à venda na Europa.

A Google vai agora negociar directamente com os editores europeus e autores no sentido de voltar a incluir estas edições no Google Books. De acordo com estimativas da empresa, cerca de 3 milhões de títulos podem ser afectados por este recuo.

Como parte do acordo alcançado com a Comissão Europeia hoje, a Google vai também incluir no seu conselho de administração um editor europeu e um autor.

A Comissão Europeia tinha iniciado há alguns meses uma investigação ao Google Books e na sexta feira passada foi marcada a reunião com a Google para avaliar os impactos do serviço na indústria editorial. Recorde-se que também o governo alemão já tinha anunciado na semana passada a sua intenção de agir contra a gigante neste domínio.

O serviço Google Books tem sido um dos maiores geradores de problemas com as autoridades e os tribunais, face à oposição dos editores à digitalização de livros e à sua disponibilização na Internet sem assegurar os direitos dos autores.

No ano passado a Google conseguiu um acordo com a Associação de Autores norte americanos e a associação de editores depois de um processo iniciado em 2005. A empresa pagou 125 milhões de dólares, cerca de 87 milhões de euros, para evitar a continuação do processo e permitir a integração de títulos que já não estão nas livrarias no Google Books.

Apesar do acordo com a Comissão Europeia, alguns editores europeus já adiantaram que se mantém a possibilidade de alguns livros europeus se mantenham online dados que não estão disponíveis nas livrarias nos EUA.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.