Tal como era intenção do Governo Português, vai ser criado um "Grupo de Trabalho Permanente de Governo Electrónico" que reúne representantes dos 21 países ibero-americanos. A confirmação foi hoje dada na alegação final da Sétima Reunião de Ministros da Presidência e Equivalentes da Ibero-América que decorreu entre ontem e hoje em Lisboa, no Palácio Nacional da Ajuda.



A primeira reunião deste grupo de trabalho vai realizar-se em Lisboa ainda este ano, sendo Diogo Vasconcelos, deputado do PSD, o representante português. O objectivo é elaborar propostas de actuação para a criação de metodologias e directrizes comuns entre os 21 países representados na área de governo electrónico. Assim pretende-se encontrar formas de cooperação para apoiar e acelerar o desenvolvimento dos diferentes programas nacionais de eGovernment.



Morais Sarmento, ministro da Presidência, considerou a reunião francamente positiva, afirmando que Portugal fez uma "aposta inovadora" nesta reunião, propondo para discussão o tema "Modernização do Estado no contexto da globalização / O e-government como reforço da cidadania num mundo globalizado", noticiou a Agência Lusa.



Segundo o ministro da Presidência, "a utilização das novas tecnologias pelos países menos desenvolvidos poderá ser o meio adequado para ultrapassar em menos tempo o fosso que os separa dos restantes".

Notícias Relacionadas:

2002-09-09 - Governo português quer grupo de trabalho para eGovernment

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.