O caso remonta a julho 2020 quando um grupo de hackers invadiu diversas contas no Twitter, liderado por um jovem da Flórida, nos Estados Unidos, de 17 anos. As contas das vítimas foram alvo de um ataque coordenado de engenharia social que deu origem a um avançado esquema de fraude com criptomoedas. Entre as contas comprometidas estavam listadas as de Barack Obama, Joe Biden, Bill Gates, Elon Musk, Jeff Bezos e até Kanye West.

Na última sexta-feira, um dos hackers envolvidos, Joseph James O’Connor, um britânico de 24 anos, foi sentenciado a cinco anos de prisão por prática de cibercrimes. O acusado foi responsável por roubar mais de 130 contas do Twitter em julho de 2020, incluindo as das figuras públicas. Segundo avança a BBC, o hacker declarou-se culpado das acusações feitas. Além da sentença de prisão, Joseph James O’Connor terá de pagar também pelo menos 794 mil dólares às vítimas dos seus crimes.

Contas hackeadas e 120 mil dólares roubados: O que se sabe sobre o ataque que está a abalar o Twitter?
Contas hackeadas e 120 mil dólares roubados: O que se sabe sobre o ataque que está a abalar o Twitter?
Ver artigo

Conhecido como PlugwalkJoe na internet, o hacker foi extraditado da Espanha para os Estados Unidos em abril, sendo no mês seguinte acusado de crimes de hacking a quatro contas de computador, fraude eletrónica e perseguição cibernética, refere o TechCrunch. O hacker enfrentava um máximo de 77 anos de prisão, mas o juiz Jed S. Rakoff disse que iria servir cerca de metade da sentença (dois anos e meio), uma vez que já passou mais de dois anos preso, enquanto aguardava o julgamento. O procurador do Departamento de Justiça pediu pelo menos sete anos de pena.

Durante a audiência no tribunal, Joseph James O’Connor disse que os seus crimes foram “estúpidos e sem sentido”, deixando o pedido de desculpa às suas vítimas.

Veja na galeria imagens do esquema:

De recordar que o esquema consistia na partilha de mensagens pelos hackers a assumir as vítimas, onde era pedido aos seguidores que fizessem transferências em Bitcoin para as carteiras de criptomoedas das personalidades ou empresas em questão, com a promessa de que iam receber o dobro da quantidade que enviassem. Os Tweets chegavam ainda de várias contas de bolsas de moedas digitais, como a Binance, a Gemini, a Coinbase ou a Coindesk.

"Mentor" do ataque ao Twitter tem 17 anos e é da Flórida. Acusação está em curso
"Mentor" do ataque ao Twitter tem 17 anos e é da Flórida. Acusação está em curso
Ver artigo

Uma análise inicial permitiu chegar à conclusão de que os hackers conseguiram atacar alguns dos funcionários que tinham acesso aos sistemas informáticos e ferramentas internas. Estima-se que as consequências do ataque foram extensas, levando pelo menos 367 utilizadores a enviar 120 mil dólares em Bitcoin para a principal carteira indicada nos Tweets: tudo num espaço de horas.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.