O alerta emitido recentemente pela Interpol já deu frutos. Graças à medida inédita já foi possível descobrir a nacionalidade, nome e idade do pedófilo, a par com dados como o número do passaporte. Foi este último dado que levou as autoridades a perceberem que o homem de 32 anos chegou recentemente à Tailândia, onde se mantém escondido.



As informações recolhidas pela Interpol, garças ao alerta na Internet, indicam ainda que o homem é professor de inglês na Coreia do Norte.



O indivíduo era procurado pela polícia há mais de três anos mas sem sucesso. Nas centenas de fotografias que publicava na Internet com jovens e crianças de países como o Camboja o seu rosto aparecia constantemente desfocado e impossível de reconhecer.



Trabalho técnico realizado em laboratórios na Alemanha permitiu reconstituir a face do homem e desencadear uma operação de divulgação da sua imagem, inédita na actividade da Interpol neste tipo de casos.



Notícias Relacionadas:

2007-10-08 - Interpol recorre à Internet para identificação de pedófilo

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.