A Microsoft vai mudar o processo de instalação do Internet Explorer 8, adicionando uma caixa de diálogo que pergunta ao utilizador se pretende fazer do IE o seu browser predefinido, após a instalação.

A garantia foi dada perante um juiz norte-americano e a alteração acontece já a partir desta semana. O objectivo é acabar com as reclamações de que a mais recente versão do browser, após a instalação sugerida pelo Windows Update, muda automaticamente as definições de Internet e passa a reconhecer o IE8 com o browser por defeito, mesmo que o utilizador tivesse outra opção como prioritária.


O processo teve início em Maio, na sequência de uma reclamação por parte da Mozilla e da Opera, que alegavam que a Microsoft estaria a utilizar a actualização automática do seu sistema operativo - o Windows Update - para alterar as preferências de Internet dos utilizadores.

Recorrer ao "Windows Uptade de uma maneira que prejudica as escolhas do utilizador é um exemplo claro de como a Microsoft usa a sua posição de monopolista para prejudicar a concorrência", disse à imprensa Mitchell Baker, presidente da Fundação Mozilla.

Agora a instalação do IE 8 passará a exibir no final uma caixa de diálogo que dá a possibilidade ao utilizador de autorizar ou não que este seja reconhecido pelo sistema operativo como o programa a utilizar por defeito para navegação na Internet - à semelhança do que já fazem os outros browsers.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.