Se aos 15 anos alguém lhe tivesse perguntado se iria fazer do YouTube profissão Nuno Moura responderia, sem dúvidas, que não. No entanto, o youtuber português conta agora com mais de 500.000 seguidores no canal de YouTube e garante que o objetivo inicial de fazer rir as pessoas já vai muito mais para além disso, não sendo “apenas 10 minutos de palhaçada”. Mas, como conta ao SAPO TeK, a mudança não foi fácil.

Foi com 15 anos de idade que o jovem português criou o seu primeiro canal, totalmente dedicado aos videojogos, numa altura em que tinham um peso mais importante na sua vida. “Uma pessoa cresce e as prioridades acabam por se tornar diferentes”, comenta, explicando que o canal esteve disponível apenas cerca de quatro anos.

E o que levou youtuber, agora com 24 anos, a lançar um canal? “Sempre fui uma pessoa que tentei fazer os outros rir”, conta ao SAPO TeK, garantindo que também procurou dar-se bem com todos. Foi daqui que surgiu o gosto pela comunicação e de ter alguém, do outro lado, a acompanhar os seus vídeos.

Quando questionado sobre o que leva mais de 500.000 seguidores a seguirem-no, Nuno Moura deixa claro que os números já não são o mais importante. Mas, garante, que “houve uma altura que isso fez alguma confusão na minha cabeça”, querendo sempre mais seguidores.

“Acredito que a partir do momento que investimos algum tempo no nosso crescimento pessoal tendemos a produzir melhor conteúdo e, inevitavelmente, os números acabam por crescer”, afirma Nuno Moura

Muito mais do que fazer os seguidores rirem-se, Nuno Moura garante que vê agora outra finalidade no seu trabalho, que desde 2016 lhe permite ter um ordenado, ainda que “inconstante”. Hoje em dia o jovem português olha para os conteúdos que produz numa vertente mais relacionada com o entretenimento, de fazer companhia aos seguidores e de passar bons valores.

“Com os meus conteúdos tento fazer com que as pessoas não cometam os erros que eu cometi”

A verdade é que essa mudança não foi, no entanto, fácil. Quando começou a procurar fazer conteúdo mais direcionado para jovens adultos, por se identificar também mais com isso, nem tudo correu bem. “Foram dois anos com menos visibilidades”, conta, referindo que muitas marcas que anteriormente trabalhavam com o youtuber também deixaram de o fazer.

Quando a COVID-19 não traz só coisas más

Apesar da pandemia ser algo que veio marcar o ano de 2020 pela negativa, teve também o seu impacto positivo para Nuno Moura, ao ter mais tempo para refletir sobre si. “Só este ano é que que descobri o rumo daquilo que quero fazer agora”, garante, reconhecendo, no entanto, aspetos negativos, como “o impedimento de muitos outros projetos”.

Certo é que houve um projeto no canal de YouTube que nasceu devido à COVID-19: Comida XXL. Como explica ao SAPO TeK, antes da pandemia Nuno Moura tinha por hábito ir a restaurantes e mostrar aos seguidores as refeições que provava, algo que passou a ser muito mais complicado. Por isso, decidiu juntar o útil ao agradável.

Estando mais tempo em casa, a ideia é apresentar pratos de tamanho “XXL”, como um double cheese bacon com mais de 5kg. “Sempre gostei e cada vez gosto mais de me aventurar na cozinha”, explica.

Quanto a projetos futuros, o youtuber português desvenda parte de um que deverá lançar em 2021. A aposta está relacionada com conteúdo sobre automóveis, algo que Nuno Moura já procurou fazer no passado, mas, desta vez, será de uma forma mais profissional.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.