Foi durante o ano de 2013 que Edward Snowden decidiu pôr a descoberto o massivo programa de espionagem que a agência de segurança NSA teria montado sobre quase todos os canais de comunicação dos cidadãos norte-americanos. No entanto, apesar de a revelação ter acontecido há quase três anos, os documentos que ajudam a comprovar o escândalo e a compreender todo o contexto desta história, nunca foram integralmente disponibilizados para consulta pública.

Mas o The Intercept vai levantar um pouco mais o véu. A partir desta terça-feira, o site norte-americano vai começar a publicar vários artigos da SIDtoday, uma newsletter interna e confidencial da NSA. Os exemplares em questão foram escritos pelo departamento central da divisão de espionagem (SID) da NSA. De acordo com o The Intercept, "os artigos estão escritos numa linguagem acessível, não técnica e oferecem um vislumbre daquilo que é a cultura e operações da NSA". Esta primeira "fornada" traz 166 ficheiros do ano de 2003 e está disponível para download, aqui

A publicação nota ainda que muitas das histórias contadas em torno deste esquema de espionagem, foram dadas a conhecer graças aos pontos que vários exemplares da SIDtoday permitiram ligar. Deste modo, o site encoraja todos os leitores a partilharem pistas e pormenores com a redação para que possam ser contadas possíveis histórias que ainda não foram dadas a conhecer. 

Daqui em diante, o site norte-americano vai publicar periodicamente mais ficheiros para download, oferecendo assim uma nova perspectiva acerca de todo o enredo que levou a NSA a espiar o mundo.

O arquivo a que o The Intercept tem acesso foi partilhado por Snowden com Laura Poitras. A cineasta e escritora que trabalha para a publicação foi uma das pessoas a quem Snowden recorreu para revelar o esquema de espionagem. 

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.