Quase dois meses depois de a Cambridge Analytica ter encerrado atividade, o Facebook continua a resolver as pontas soltas de um caso sob o qual ainda há muito por esclarecer. Um dos últimos desenvolvimentos aconteceu hoje, em Bruxelas, onde dois responsáveis pela rede social estiveram a ser ouvidos. Numa audiência com vários deputados ao Parlamento Europeu, os executivos afirmaram que não foram partilhados dados de utilizadores europeus com a Cambridge Analytica.

Caso Cambridge Analytica não afastou utilizadores do Facebook
Caso Cambridge Analytica não afastou utilizadores do Facebook
Ver artigo

Oficialmente, o Facebook nunca confirmou esta hipótese, uma vez que ainda está por conduzir uma auditoria interna, que acontecerá logo após as autoridades britânicas concluírem a sua investigação.

Com base no testemunho prestado por Aleksandr Kogan, que é um dos investigadores do Facebook envolvido no escândalo da cedência de dados à Cambridge Analytica, não foram incluídos dados de qualquer utilizador europeu, uma vez que a empresa estava apenas interessada em perfis norte-americanos, de forma a dar corpo ao sistema de micro segmentação que preparou para aplicar nas campanhas eleitorais nos EUA.

tek aleksandr kogan
Aleksandr Kogan

Recorde-se que o Facebook notificou anteriormente 2,7 milhões de utilizadores europeus, cujos dados poderiam ter sido acedidos pela aplicação desenvolvida por Kogan.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.