A Amazon anunciou, esta quinta-feira, o Luna, o seu novo e primeiro serviço de cloud gaming que lhe garante assim uma entrada de rompante no mercado dos videojogos.

À data do lançamento, o serviço vai contar com mais de 100 jogos e estará disponível para PC, Mac e iOS. A empresa promete disponibilizar uma versão para Android, que ainda não tem uma data de lançamento definida. No entanto, foi garantido que o serviço chegará ao OS móvel da Google nas semanas pós-lançamento da versão de acesso antecipado em iOS.

O serviço Luna era um rumor há muito discutido online, mas a apresentação oficial dissipou quaisquer dúvidas. Para além do acesso a um catálogo de jogos, mediante o pagamento de uma mensalidade de 5,99 dólares para utilização simultânea em dois dispositivos (pelo menos durante uma primeira fase, sendo que o preço deverá aumentar depois de algumas semanas), a Amazon revelou ainda um controlador com o assistente virtual Alexa integrada. O comando terá um custo de 49,99 dólares e conta com uma tecnologia chamada Cloud Direct que garante latência reduzida em sessões de jogo.

O primeiro conjunto de jogos inclui Resident Evil 7, Control, Metro Exodus, Overcooked! 2, entre outros. Posteriormente, a Ubisoft terá uma secção dentro da app, onde destacará alguns títulos do seu catálogo, como os ainda não lançados Assassin's Creed Valhalla e Far Cry 6. Esta organização por secções vai alargar-se a outros players, sendo que a integração de cada uma delas na subscrição deverá ter um custo adicional.

A Amazon promete resoluções de até 4K a 60fps, embora esta não seja a capacidade máxima do serviço durante uma primeira fase. Para suportar uma experiência fluída nesta resolução, precisará de uma ligação estável de, pelo menos 35 Mbps, ao passo que são apenas precisos 10 Mbps para suportar uma sessão em 1080p.

Dado que a gigante norte-americana é também a detentora da Twitch, o serviço de streaming estará integrado no Luna desde o primeiro dia. No menu, poderá encontrar streams dos jogos que pesquisa, sendo que poderá até iniciar automaticamente o jogo a que está a assistir numa dada stream, caso este faça parte do catálogo do serviço.

Por último, importa referir que o Luna foi desenvolvido com base na Amazon Web Services, uma das poucas estruturas mundiais de computação em nuvem com capacidade para suportar um serviço de gaming via cloud de alta resolução.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.