No próximo dia 9 de julho e segundo as estimativas do FBI, cerca de 277 mil computadores, incluindo os sistemas de pelo menos 50 empresas que integram a lista Fortune500, poderão ficar sem acesso à Internet, devido à existência de malware que pode ter entrado nesses sistemas há mais de um ano.



Os avisos têm circulado com insistência na Internet e, em particular, nas redes sociais, citando as advertências do FBI quanto ao elevado potencial de infeção que o referido malware possui.



De acordo com uma notícia da agência Associated Press, o caso remonta ao ano passado, quando um grupo de hackers passou a controlar cerca de 570 mil PCs em todo o mundo, a partir de um esquema falso de publicidade.



Após a detenção dos hackers no final de 2011, os responsáveis do FBI perceberam que, desativando os servidores que controlavam os computadores infetados, provocariam também a perda do serviço de acesso à Internet por parte dos seus utilizadores.



Para remediar o problema o próprio FBI implementou uma rede segura temporária para garantir o acesso à Internet a esses utilizadores, rede que será desativada no próximo dia 9 de julho.



Uma vez que o FBI estima que grande parte desses utilizadores desconheça que os seus computadores estão infetados, a agência de segurança norte-americana está a disponibilizar um site que remete os visitantes para ferramentas de deteção do malware.





Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico


<

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.