Perto de metade das 800 músicas que os jovens entre os 14 e os 24 anos têm, em média, nos seus leitores MP3 são descarregadas ou copiadas de forma ilícita, revela um estudo encomendado pela British Music Rights (BMR) à Universidade de Hertfordshire. Os valores aumentam na faixa etária entre os 14 e os 17 anos, que descarrega ilegalmente 61 cento das suas playlists.




Os dados do estudo, conduzido entre Fevereiro e Março de 2008, mostram que 58 por cento dos jovens costuma transferir músicas directamente de computadores de amigos, mas a partilha de CD ou o envio por correio electrónico é igualmente comum.




Ointenta por cento dos inquiridos mostraram-se, contudo, interessados num serviço pago que permita downloads legais, informação que agrada à BMR, na sua tentativa de reunir o apoio da indústria da música e captar a atenção dos fornecedores de acesso à Internet para o lançamento de um produto com tais características.




Notícias Relacionadas:

2007-11-26 - Projecto francês desliga acesso Internet a quem fizer download de conteúdos ilegais

2007-10-02 - Primeira de 26 mil acusações de pirataria interpostas pela RIAA chega a tribunal

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.