Steve Balmer, CEO da Microsoft considerou que a gigante do software precisa de um período de cerca de cinco anos para "apanhar" os seus concorrentes Google e Yahoo no que diz respeito ao volume de receitas de publicidade.



Durante uma intervenção em Sillicon Valley o responsável, citado pela Associated Press admitiu que a Microsoft chegou "um pouco tarde" [ao mercado da publicidade online], acrescentando que não acredita "numa transformação da noite para o dia", em termos de evolução do mercado. "Terá ser a longo prazo. Tem sentido falarmos de uns cinco anos".



Só este ano fiscal, que acaba a 30 de Junho, a empresa investiu 6,2 mil milhões de euros para reforçar a sua capacidade de atrair este tipo de receitas e aumentar a sua quota de facturação com o mercado publicitário de Internet.



Para atingir o objectivo a empresa pretende suportar-se no desenvolvimento de serviços web (como o Windows Live) e manter um nível elevado de investimento numa ampla variedade de tecnologias, alinhou Ballmer.



Notícias Relacionadas:

2006-05-09 - Primeira beta pública do Windows Live Messenger já está disponível

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.