A Agência Nacional de Segurança norte-americana (NSA) volta a estar mais uma vez debaixo de fogo, desta feita por ter acedido sem permissão aos centros de dados da Yahoo! e da Google em todo o mundo.

A informação é avançada pelo The Washington Post que cita documentos revelados pelo ex-consultor informático Edward Snowden. A agência de segurança terá "escutado" as ligações dos centros de dados das duas empresas e terá tido acesso a dados de milhões de utilizadores de todo o mundo.

Segundo o jornal por dia terão sido copiados milhões de metadados dos servidores das tecnológicas, que foram enviados para unidades próprias controladas pela NSA. Este programa que desvia informações tem o nome de MUSCULAR e conta com a colaboração da correspondente da NSA nos Reino Unido, a GCHQ.

A Google já reagiu a dizer que não tinha conhecimento da atividade da agência, enquanto a Yahoo! voltou a reiterar que nunca deu acesso nem à NSA nem a nenhuma agência de algum governo aos dados dos utilizadores. Assim sendo, e no caso das informações dos documentos se mostrarem mais uma vez verdadeiras, a NSA terá violado a confiança de grandes tecnológicas norte-americanas e possivelmente de utilizadores dos EUA - algo que a agência sempre disse que não fazia.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.