O Exército Eletrónico da Síria (SEA), conhecido por realizar ataques de cracking a páginas de Internet de renome, decidiu roubar o endereço Facebook.com da empresa de Mark Zuckerberg. De acordo com as imagens publicadas pelos piratas informáticos, o roubo foi alegadamente bem sucedido, mas não viria a durar mais de meia hora.

Escreve a imprensa internacional que o SEA terá tomado conta do endereço depois de ter conseguido entrar no painel de controlo da MarkMonitor, empresa de gestão online responsável pelo domínio da maior rede social do mundo.

No Twitter o Exército Eletrónico da Síria deu os parabéns ao Mark - numa alusão ao fundador do Facebook e ao décimo aniversário do serviço social -, saudação acompanhada de uma imagem onde se tenta provar que o domínio esteve por momentos registado num endereço de email pertencente aos crackers.

[caption]SEA Facebook[/caption]

O grupo de crackers publicou ainda uma outra imagem onde tentam comprovar que o portal de gestão da empresa de domínios ficou em baixo devido ao ataque e para que a MarkMonitor pudesse retomar o endereço Facebook.com

[caption]SEA Facebook[/caption]

O Facebook ainda não comentou o tema.

A empresa de segurança Eset emitiu um comunicado onde avalia os riscos do alegado ataque. Apesar de não ter impacto direto na utilização do Facebook, os especialistas alertam para o facto de o roubo de endereços estar associado a riscos digitais.

"É possível dirigir tráfego do site legítimo para outro que poderá ter propósitos maliciosos, como colecionar informações privadas ou infetar os utilizadores com malware", analisa a Eset.

Na avaliação da empresa de segurança o caso ganha ainda mais relevo porque a MarkMonitor é conhecida por ser uma empresa "robusta" e associada à imagem de segurança. Isto para dizer que até os perfis mais protegidos estão sujeitos a atividades de pirataria online.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.