O Twitter é uma das maiores redes sociais do mundo, mas a plataforma está sempre envolta em incerteza. Primeiro era a capacidade de conseguir gerar dinheiro a partir da grande base de utilizadores ativos. Agora é exatamente o contrário: o dinheiro começou a entrar, mas o crescimento de utilizadores está a estagnar.

O TechCrunch publicou um quadro que mostra a situação do Twitter ao nível do crescimento de utilizadores de trimestre para trimestre:

[caption]Twitter[/caption]

A discrepância é muito grande: enquanto no segundo trimestre de 2010 a rede social apresentava um crescimento na ordem dos 20% por trimestre, atualmente esse crescimento é muito menor, e situa-se nos 1,4%. Neste último trimestre a empresa somou "apenas" 4 milhões de novos utilizadores para um total de 288 milhões de utilizadores ativos mensais (MAU na sigla em inglês).

E de acordo com o Mashable, havia estimativas de que o número de utilizadores chegasse aos 295 milhões - o que mostra de facto resultados abaixo do esperado.

Apesar de o crescimento entre o final de 2013 e o final de 2014 rondar a casa dos 20%, o Twitter parece estar a chegar a um ponto de rotura. Isto é, continua a ser uma rede social relevante, mas começa a passar a ideia de que já atraiu quase todos os utilizadores que gostam do modelo de rede social em formato de microblogue.

Os números do Twitter ganham outra dimensão sabendo os de serviços como o WhatsApp - 700 milhões -, o Instagram - 300 milhões - e o Snapchat - 100 milhões de utilizadores. Todos são redes sociais, todos permitem a troca de mensagens e todos estão a crescer. Outras plataformas como o Tumblr e o Pinterest também vivem uma fase ascendente. Até o próprio Facebook continua a apresentar crescimento, mas também numa base cada vez menor - com a diferença de que já liga 1,39 mil milhões de pessoas.

A questão que se coloca é: o que acontece à rede social quando registar um crescimento próximo do zero? De que forma vão os investidores reagir? E os anunciantes?

Para já os investidores estão a reagir bem com o Twitter a subir 15% nas bolsas de valores. Como? Apresentou receitas acima do esperado pelos investidores, mais do que duplicando o que tinha conseguido em 2013 - só no último trimestre foram 479 milhões. E o CEO da rede social, Dick Costolo, prometeu que no primeiro trimestre haveria um crescimento mais significativo nos MAU.

O próprio Twitter está consciente deste perigo e de alguns problemas que ainda não resolveu. Por exemplo, que 125 milhões de pessoas visitam a sua página principal, mas não concluem o processo de autenticação. Por isso é que a landing page vai ao que tudo indica ser alterada.

Possibilidade de integrar vídeos diretamente na rede social e capacidade para manter conversas de grupo com até 20 utilizadores são algumas das novas ferramentas anunciadas recentemente pela rede social.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.