A quarta edição do estudo “Cultural statistics” da Eurostat revela que a maioria dos utilizadores europeus de Internet recorrer à rede para atividades culturais e que o desenvolvimento das tecnologias digitais e a expansão do acesso à web deram origem ao surgimento de novas formas de participação cultural online.

De acordo com os dados recolhidos pela Eurostat em 2018, 72% dos adultos (com idades entre os 16 e os 74 anos) nos 28 membros da UE usam a Internet para assistir a streaming de vídeos ou de televisão. Já 56% desta população opta por ouvir música online, enquanto 33% preferem utilizar a rede para videojogos.

Níveis de utiilização da Internet para atividades culturais na UE
Os dados recolhidos são relativos à população adulta (entre os 16 e os 74 anos). créditos: Eurostat

A Holanda e a Finlândia apresentam-se como os países europeus que mais usam a Internet para assistir a transmissões televisivas ou de vídeos ao vivo, contando com uma adesão de 90% dos adultos de ambos os membros da UE. No outro lado do espectro situam-se a Bulgária, com 47%, a Eslováquia, com 45% e a Roménia, onde apenas 26% da população em questão realizam este tipo de atividades online.

A Finlândia e a Suécia são os países onde 76% dos adultos optam pela utilização mais frequente de plataformas de música online, seguindo-se a Grécia com 72%. Já a Letónia e a Bélgica apresentam níveis mais baixos de adesão, não ultrapassando os 50%.

Nível de utilização da Internet a no que toca a plataformas de música online
créditos: Eurostat

A Holanda apresenta-se também como um dos países da UE que reúne a maior percentagem de fãs de online gaming, contando com 47% dos adultos do país. Seguem-se a Dinamarca e a Bélgica, com 43% de adesão. Nos países cuja percentagem de utilizadores não ultrapassa os 25% de utilizadores de videojogos na Internet encontram-se a Polónia, a Bulgária e a Áustria.

Nível de utilização da Internet a no que toca a plataformas videojogos online
créditos: Eurostat

O Eurostat indica igualmente que o acesso a websites noticiosos e a leitura de jornais online continuavam a ser uma das atividades mais realizadas pela população adulta em 2017, contando com uma adesão de 72%. Por um lado, países como a Lituânia, a República Checa, Croácia, Estónia e Finlândia apresentam níveis que rondam os 90%. A Irlanda, a Bélgica a França e a Itália são os membros da UE com percentagens mais baixas no que toca a esta atividade, rondando os 65% e os 56%.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.