Chama-se Comissão Financeira Europeia e junta empresas como a Microsoft, a PayPal e a Visa e as polícias do Velho Continente na luta contra a pedofilia, numa aliança que também envolve a Comissão Europeia.

Com a iniciativa pretende-se facilitar a troca de informação financeira e seguir mais facilmente o rasto dos pedófilos, nomeadamente o dinheiro que alimenta estas redes. A CE entra no acordo com um apoio de meio milhão de euros.

O anúncio da criação desta aliança surge na altura em que foi divulgado um estudo que indica que a pedofilia na Internet cresceu 149 por cento nos últimos anos.

Realizada pela associação italiana Telefono Arcobaleno, a análise mostra que a Europa é a região que regista mais casos de pedofilia, com 86,6 por cento das denúncias e com um aumento de 406 por cento na quantidade de material pedófilo trocado online desde 2003, à frente dos Estados Unidos, com 10,8 por cento das denúncias.

Só em 2008, a associação fez 42.396 denúncias sobre conteúdos pedófilos encontrados na Internet perante as autoridades de 45 países e ISP. Segundo o relatório, os países com mais denúncias foram Alemanha (26.191), Holanda (5.256) e Estados Unidos (3.611).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.