Se utilizou o Instagram nos últimos dias é grande a probabilidade de ter encontrado uma ou várias imagens a pedirem-lhe que ativasse as notificações para aqueles perfis. Os pedidos repetem-se e não só entre marcas: utilizadores ‘normais’ que já conquistaram uma base interessante de seguidores não querem ficar ‘enterrados’.

O termo parece exagerado, mas é isso mesmo que pode acontecer. É o que acontece noutras redes sociais onde são os algoritmos a decidir quais os conteúdos mais relevantes para os utilizadores - no final de contas nem todos beneficiam do algoritmo e os utilizadores podem não ver todas as publicações.

O Instagram está neste momento a operar uma mudança na rede social neste sentido. Por isso é que tantos perfis não querem perder a sua atenção e estão a reagir através do pedido de ativação de notificações. Para perceber melhor este ‘movimento’ basta pesquisar pela hashtag #turnmeon.

Mas esta situação de pânico não é totalmente justificada. Ao contrário do que pensam alguns utilizadores, o modelo ‘algoritmico’ do Instagram ainda não está ativo, pelo menos para a esmagadora maioria dos utilizadores.

Até aqui imperava apenas um modelo de ordem cronológica: o utilizador entra no Instagram e vê as publicações mais recentes. Desliza até onde ficou da última vez ou até onde quis. Mas sabe que viu o que é novo.

Numa publicação oficial a rede social endereçou as preocupações dos utilizadores e disse que atualmente só algumas pessoas têm o feed de publicação por ordem de interesses e não por ordem cronológica - são os beta testers.

A verdadeira mudança ainda está a meses de distância e quando for a altura o Instagram compromete-se a comunicar a alteração de forma oficial.

 

Agora ou ‘amanhã’, há quem não queira a mudança

Kylie Jenner é um dos rostos da discórdia. E qual a razão para referir esta pessoa em particular? A socialite norte-americana e elemento do conhecido ‘clã Kardashian’ tem 56 milhões de seguidores no Instagram. Além da grande base de seguidores e da influência que tem, teceu um comentário pertinente:

Veja também

 
 

Comentários