Questionados acerca do tipo de site em que realizaram compras recentes destes artigos, metade dos consumidores europeus afirmou que opta por lojas de distribuidores especializados.

Os inquiridos justificam a decisão com a oferta de um maior leque de escolhas ao consumidor e pela integração de múltiplos critérios de comparação entre vários produtos.

Na análise, os sites das marcas e dos fabricantes são os menos utilizados pelos portugueses. Produtos e serviços de TV, Hi-Fi e vídeo e de bricolagem e jardinagem nem têm registos suficientes para entrar na análise. Apenas os eletrodomésticos são adquiridos neste tipo de site por 24% e a decoração e mobiliário por 13%.

Apesar dos portugueses não serem muito adeptos deste tipo de site, os europeus colocam-no na terceira posição de escolhas de sites para compras online.

Segundo o estudo, as marcas e os fabricantes estão muito atentos ao fenómeno das vendas de ocasião e começam a ponderar a integração de ofertas deste tipo nos seus sites, conscientes de que este mercado atrai cada vez mais consumidores.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.