Está a florescer uma nova técnica publicitária na Internet que permite ao utilizador entrar em contacto directo com o anunciante via telefone no momento em que toma contacto com a sua oferta. O pay-per-call permite ao utilizador que usa um motor de pesquisa online para encontrar determinado bem ou serviço ter acesso à típica lista de resultados comerciais que acompanha os resultados da pesquisa e estabelecer de imediato uma ligação com a entidade que lhe interessa.



O pay-per-call introduz uma nova filosofia e, ao contrário do sistema tradicional - em que o anunciante paga cada vez que um utilizador carrega no anúncio mostrado em simultâneo com os resultados de uma pesquisa -, é activado pela introdução de palavras chave que desencadeiam resultados de pesquisa e publicidade temática mas a sua eficácia mede-se pela capacidade de desencadear uma chamada telefónica para o anunciante. O sistema foi desenvolvido para permitir que em alternativa à chamada telefónica o utilizador possa também introduzir o seu número de telefone para receber uma chamada do anunciante.



Os especialistas acreditam que a técnica terá maior sucesso nos pequenos negócios de carácter local pois muitos não têm site de Internet, uma ferramenta quase obrigatória para qualquer outra forma de publicidade online, onde normalmente se dá ao utilizador a possibilidade de conhecer a página de Internet do anunciante ou contactá-lo por email.



Eficaz nas vendas e inibidor de fraude no sistema de medição de eficácia do anúncio, o pay-per-call tem contra si o facto de ser substancialmente mais caro que o tradicional pay-per-click e pode custar entre 7 a dez dólares de cada vez que uma chamada para o anunciante é concretizada, contra os cerca de 50 cêntimos pagos pelo anunciante no sistema de pay-per-click. Esta diferença de preço será o principal factor para que a nova técnica se mantenha uma ferramenta de nicho e não substitua outras metodologias publicitárias mais eficazes.



Ainda assim a consultora Kelsey prevê que em 2009 o pay-per-call venha a gerar receitas entre 1,4 e 4 mil milhões de dólares. O principal concorrente, pay-per-click, gerou no ano passado receitas de 3,1 mil milhões de dólares, contra 100 milhões em 2000 revelam números da Jupiter Research citados pela Associated Press.



Actualmente o pay-per-call já está a ser utilizado por algumas empresas de Internet como a AOL, eBay ou a Microsoft que publicam nos seus serviços online anúncios da Ingenio, uma das primeiras empresas a usar a técnica.



Notícias Relacionadas:

2005-08-09 - Publicidade online nos motores de busca em crescimento até 2010

2005-05-05 - Publicidade online supera valores alcançados antes da queda das dotcom

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.