Dos 7,3 mil milhões de habitantes existentes na Terra neste momento a Internet chega a 3,2 mil milhões, menos de metade da população mundial (43%), de acordo com dados revelados pela União Internacional das Telecomunicações, que também avança um conjunto de previsões para o final do ano.



Nos países pobres ou em vias de desenvolvimento a realidade continua a ser muito distinta daquela que é vivida nos países desenvolvidos, onde 82,2% da população deverá estar ligada à rede no final deste ano.


Nessas geografias estima-se que apenas 9,5% da população esteja ligada à Internet pela mesma altura. África é a região do globo onde esta diferença é mais gritante e onde apenas uma em cada cinco pessoas terá acesso à Internet no final de 2015. Nos países em vias de desenvolvimento a taxa sobe para 35,3% da população.


A Internet móvel é vista como a receita para esbater desigualdades e nos últimos anos esse papel tem sido demonstrado. Se no final de 2015 espera-se que 69% da população esteja ligada à rede. Há quatro anos essa era uma realidade apenas para 45% da população.


Nas zonas rurais a tecnologia assume especial relevância. No final de 2015 espera-se que ligue à Internet 29% das pessoas nessas condições, que em termos globais serão cerca de 3,4 mil milhões.


Para os 4 mil milhões que vivem em áreas urbanas, a ligação ao 3G será uma realidade para 89% até final do ano. Os dados da ITU também mostram que a Europa é a região do global onde mais pessoas se ligam à Internet via rede móvel: em cada 100 pessoas, 78 subscrevem um serviço de Internet móvel.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.