Com o objectivo de facilitar a compra de publicidade na Internet, três associações do Reino Unido que representam todas as partes envolvidas neste mercado - o Interactive Advertising Bureau (IAB), o Institute of Practitioners in Advertising (IPA) e o Incorporated Society of British Advertisers (ISBA) - anunciaram recentemente que vão cooperar na produção de princípios voluntários sobre a aquisição e venda de anúncios.



Este conjunto de regras visa ajudar a garantir consistência e transparência na indústria, permitindo simultaneamente a criação de novas receitas sem prejudicar a concorrência ou os acordos contratuais. Os princípios abrangem a aceitação de reservas, as relações entre estatísticas e o pagamento, fornecimento de dados e transparência, cobrança, modos de pagamento e de crédito, facturação detalhada e apuramento de conta-corrente.



Simultaneamente, a PPAinteractive, associação britânica de editores de publicações online recomendou aos seus 250 membros que realizem auditorias regulares - trimestrais ou de dois em dois meses - do tráfego nos seus sites a partir de 1 de Março de 2002. Esta iniciativa visa aumentar a percepção da publicidade online.



As auditorias deverão conter informação sobre o número de page views que incluíram publicidade, mais o número de visitantes individuais. Se não for possível recolher dados sobre este último indicador, em alternativa poderá ser utilizado o número de proxies individuais. Deverá ser, no entanto, claro, que tipo de medida foi aplicada.



Notícias Relacionadas:

2001-10-09 - Agências de publicidade online estabelecem normas para Web bugs

2001-08-13 - Publicidade online cresce apenas 6 por cento em 2001

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.