No relatório europeu que analisou o desempenho dos países a nível de eGovernment - ferramentas online de serviços públicos -, Portugal é referido como um país com uma infraestrutura avançada e que disponibiliza a maior parte dos serviços online.

Portugal é ainda apontado, a par da Itália e da Áustria, como um país onde o investimento em plataformas de eGovernment durante 2012 conseguiu uma das melhores relações de orçamentos reduzido e níveis altos de serviços disponíveis online.

A nível europeu o relatório da União Europeia concluiu que os serviços públicos online estão a crescer em número e a nível de utilização também.

Cerca de 46% dos cidadãos europeus já vai à Internet para procurar emprego, submeter impostos ou para submeter dados para emissão de documentos. As atividades mais realizadas englobam ainda a troca de morada e a inscrição em instituições de educação.

Perto de 80% dos 28 mil internautas europeus questionados consideram que os serviços públicos online ajudam a poupar tempo, 76% referem que são serviços que permitem uma flexibilização das tarefas e 62% consideram mesmo que permite uma poupança de dinheiro.

Em contrapartida os serviços públicos na Internet geram níveis de satisfação mais baixos - classificação de 6,5 em 10 pontos possíveis - do que a banca online (8,5) ou sites de venda e compra de produtos online (7,6).

A vice-presidente da Comissão Europeia, Neelie Kroes, comentou os resultados dizendo que os baixos índices de satisfação são um sinal claro de que há muito trabalho para ser feito nesta área, sobretudo na adaptação das plataformas às necessidades reais dos utilizadores.

A comissária europeia defendeu ainda que existem serviços que precisam de funcionar internacionalmente e que até 2015, o número de utilizadores europeus de serviços de eGovernment tem que subir até aos 50%.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.