A maioria dos retalhistas norte-americanos planeia neste Natal eliminar as taxas inerentes à entrega de produtos adquiridos via Internet, como incentivo à utilização deste canal nesta importante época de compras.



A conclusão é de um estudo da Federação Americana de Retalhistas, que também aponta para o facto de metade destes retalhistas planearem eliminar estas taxas sem condições relativas ao número de artigos adquiridos, valor das compras ou outras restrições.



O número, revela a federação, é mais elevado que em anos anteriores e revela uma clara preocupação com os níveis de confiança dos consumidores americanos, que este ano estão no nível mais baixo dos últimos 24 meses. Em 2006 eram 36 por cento os retalhistas que planeavam eliminar taxas sem condicionantes e em 2005 eram apenas 25 por cento, revela o estudo.



O estudo apresentado pela federação teve em conta as respostas de 116 retalhistas e 2.695 compradores online que no topo das preocupações para uma aquisição online têm a clara mensagem sobre os produtos oferecidos e o cumprimento de prazos de entrega.



Notícias Relacionadas:

2007-10-01 - Sites de comércio electrónico com mais clientes no 2º trimestre

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.