A Samsung e a Mozilla estão a trabalhar em conjunto num novo motor de renderização que vai dar origem a um navegador de Internet específico para dispositivos equipados com o sistema operativo Android ou com chips ARM. O projeto Servo é baseado na linguagem de programação Rust da Mozilla.

As duas empresas querem tirar partido das novas arquiteturas de computação e da evolução dos processadores multi-nucleos para criar um "navegador de Internet de raiz sustentado em hardware moderno", pode ler-se no blogue da Mozilla.

Sem entrar em detalhes, dá para perceber que a performance e a segurança são duas questões centrais no projeto Servo, dois requisitos que vão de encontro à linguagem de programação Rust que hoje teve uma nova release. Segundo a Mozilla Foundation, o Rust tem uma comunidade cada vez maior e está perto de atingir uma versão estável.

A Samsung já contribuiu com código importante para que o Rust seja adaptável ao Android e aos chips ARM, e durante o próximo ano os dois projetos que ainda estão em fase inicial vão amadurecer.

O objetivo da Mozilla é tornar a Web como uma plataforma global, conceito que está a ser implementado no Firefox OS cujas aplicações baseiam-se em web apps e softwares desenhados em HTML 5.

Do lado da Samsung esta é mais uma aposta num projeto "paralelo" e pode significar que nos próximos anos o navegador nativo do Tizen OS possa ser o Servo.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.