Empresas como a Google ou o Facebook já tinham começado a informar os utilizadores quando detetam possíveis ataques às suas contas e ligam a sua origem a agências estatais ou outros organismos que indiquem que a ação pode ter tido motivações políticas. No Twitter este tipo de avisos são uma estreia.

Esta foi a primeira vez que a empresa se dirigiu aos utilizadores com um alerta do género. O número de subscritores da rede social que recebeu o aviso não é conhecido e também não foram revelados outros detalhes sobre o tema. A rede social apenas admitiu ter detetado atividades suspeitas de hackers ligados a governos, que tentaram aceder a informação sensível das contas em questão. Não consegue confirmar se a tentativa de ataque foi ou não bem-sucedida.

Uma das empresas que terá recebido o alerta foi a Coldhak, que em declarações ao Financial Times adiantou que foi contactada na última sexta-feira. Na informação explicava-se que os atacantes terão tentado aceder a dados como endereços de email, endereços IP ou números de telefone. A mesma companhia disse também entretanto que não detetou impactos significativos do alegado ataque.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.