O Pornhub apresentou os dados do consumo de pornografia na internet dos seus utilizadores e os números de 2017 foram bastante "animadores".

Com uma média diária de 81 milhões de acessos, que totalizaram 28,5 mil milhões de visitas, o site registou 50 mil buscas por minuto e gerou um consumo de dados de mais de 10 milhões de GB por dia.

Quanto ao dispositivo mais utilizado para ver pornografia, a escolha recaiu sobre o smartphone, com este dispositivo a ser responsável por 67% das visualizações de páginas e a representar um aumento de 5% em relação ao verificado em período homólogo. O acesso à plataforma via desktops caiu 4% em comparação com o ano anterior, totalizando 24% do tráfego em 2017.

tek pornhub

Já entre os sistemas operativos, os utilizadores Windows dominam (80%), com os fãs do macOS a representarem apenas 15%.

O relatório anual da plataforma demonstra que uma das maiores tendências foi o aumento do número de mulheres que vêem pornografia e que, entre os termos mais procurados encontram-se aqueles feitos especialmente para atender aos gostos das utilizadoras, como “porn for women” que aumentou mais de 1400% ao longo do ano passado.

tek pornhub

"2017 parece ter sido o ano em que mulheres se impuseram para expressar os seus desejos mais abertamente”, declarou a Dra. Laurie Betito, terapeuta sexual e diretora do Sexual Wellness Centre do Pornhub.

No site tem acesso a mais pormenores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.