Os erros identificados na aplicação de Mapas da Apple deram azo a muitas criticas de clientes online, e mesmo a diversas piadas, e por isso Tim Cook, CEO da empresa, decidiu pedir publicamente desculpa.

"Na Apple trabalhamos para fazer os melhores produtos que levam as melhores experiências aos nossos clientes. Com o lançamento dos novos mapas na semana passada, falhamos em cumprir esse compromisso. Lamentamos a frustração que isso causou aos nossos clientes e estamos a fazer os possiveis para melhorar os mapas", escreve Tim Cook numa carta que acaba de ser publicada no site da empresa.

Na nova versão do sistema operativo iOS6 a Apple substituiu os mapas e navegação por uma aplicação própria, baseada nos dados da TomTom, mas estes continham erros geográficos, falhas na informação e não incluem algumas das funcionalidades a que os utilizadores do Google Maps estavam habituados na versão anterior.

Na carta Tim Cook afirma que mais de 100 milhões de equipamentos com iOS já têm a nova aplicação instalada - os mesmos que carregaram o novo iOS 6 - e que já foram pesquisados mais de 500 milhões de localizações.

Mas apesar da Apple estar a trabalhar na melhoria da informação, o CEO da empresa sugere mesmo que os clientes façam o download de uma aplicação da App Store como o Bing, MapQuest ou Waze, ou que usem os mapas da Google ou da Nokia nos browsers, criando um ícone diretamente no ecrã principal do iPhone para acederem a estas web apps.

Em Portugal as experiências (curtas) que realizámos não permitiram ainda detetar erros geográficos, embora algumas traduções e locuções apresentem falhas, um tema a que voltaremos em breve.

[caption]mapas[/caption]


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Fátima Caçador

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.