Apesar dos seus 12 anos de vida, o Twitter só se tornou numa plataforma lucrativa no final do ano passado. Os 91 milhões de dólares, contudo, não foram uma ocasião única. O relatório de contas referente ao primeiro trimestre de 2018 anunciam mais um período de lucros para a rede social de Jack Dorsey, embora os valores sejam relativamente inferiores aos de outubro, novembro e dezembro de 2017. Nos primeiros três meses deste ano, a empresa registou lucros de 61 milhões dólares.

Twitter já suspendeu mais de 1 milhão de contas por conteúdos terroristas
Twitter já suspendeu mais de 1 milhão de contas por conteúdos terroristas
Ver artigo

Mas as boas notícias não se cingem aos números financeiros. No domínio dos utilizadores mensalmente ativos, o Twitter também cresceu, passando dos 330 milhões para os 336 milhões. Deste grupo, apenas 5 milhões reside fora dos EUA. Em consequência, o número de utilizadores ativos aumentou em 10%.

A tecnológica justifica estes valores com a introdução de novas funcionalidades e com os esforços feitos na criação de feeds informativos e personalizados de acordo com as preferências de cada utilizador, que estão a aumentar o engagement na rede. Em adição, o documento sublinha ainda a bem sucedida luta contra os bots e trolls.

Outra das lutas que o Twitter considera ter surtido efeito nestes resultados foi a eliminação de contas falsas, responsáveis por publicar tweets automáticos em massa. Só entre janeiro e março, a empresa conseguiu eliminar 150 mil destas contas.

Os efeitos desta estratégia sentem-se sobretudo no investimento das entidades anunciantes, que tem crescido ano após ano. No último trimestre, o Twitter gerou 665 milhões de dólares com a venda de espaços publicitários. Mas o lucro, que deriva exclusivamente desta fonte de rendimento, atingiu os 61 milhões de dólares também graças à redução da carga fiscal das empresas nos EUA. Sem esta medida em vigor, o número teria ficado na casa dos 40 milhões de dólares, como sublinha a imprensa internacional.

A rede social prevê que os números se mantenham estáveis, suportando um crescimento ligeiro mas sustentado. No verão, a empresa espera conseguir capitalizar o Mundial de Futebol, depois de assinar um acordo com a Fox Sports que lhe permitirá transmitir vídeos com os melhores momentos de cada um dos jogos que se vão realizar na Rússia.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.