A estratégia da Comissão Europeia para a preservação e digitalização da herança escrita e audiovisual europeia, através da criação de uma biblioteca digital, ganhou hoje novos contornos com a entidade coordenadora do projecto a recomendar aos Estados-membros a dinamização da iniciativa em diversas áreas.



O comunicado, publicado hoje no site da UE, apela à criação de uma "biblioteca multilinguística", onde os cidadãos dos Estados-membros possam encontrar livros, imagens e outros "materiais históricos", em formato digital, aos quais só seria possível aceder visitando fisicamente as bibliotecas e os museus europeus.



Actualmente apenas uma pequena parte do material cultural dos Estados-membros é digitalizado e colocado online, motivo pelo qual a Comissão Europeia recomenda a mobilização de todos os países de modo a agilizar o processo.



Estima-se que em 2008 estejam acessíveis na Biblioteca Digital Europeia cerca de dois milhões de livros, filmes, fotografias, manuscritos e outro material cultural europeu, um número que deverá continuar a aumentar até 2010, ano em que se estima a presença de, pelo menos, seis milhões de exemplares bibliográficos.



Esta não é a primeira recomendação da Comissão Europeia quanto ao projecto. Este organismo já havia mostrado interesse nesta iniciativa disponibilizando-se para coordenar e financiar iniciativas de digitalização através de programas de apoio à investigação nesta área, ou mesmo à produção de conteúdos digitais.

Notícias Relacionadas:

2005-09-30 - Comissão Europeia propõe estratégia concertada para digitalização de conteúdos das bibliotecas

2005-04-29 - Chefes de Estado solicitam à UE criação de uma Biblioteca Digital Europeia

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.