A Universal Music rejeitou a renovação da assinatura do seu contrato anual com a Apple para a distribuição de músicas através do iTunes. Notícias avançadas pela imprensa internacional indicam que em causa estão possíveis acordos com outras lojas digitais.




Mesmo assim, a companhia discográfica mostrou interesse em continuar a oferecer o seu catálogo de músicas e vídeos através de uma estratégia de parceria diferente, baseada em acordos mensais ao invés de fechar um acordo de longo prazo como havia sido proposto pela Apple.




Propriedade da Vivendi, a Universal Music deixará de estar exclusivamente ligada à Apple, o que permitirá que a companhia comece a alargar a distribuição do seu repertório a outros parceiros. Esta medida poderá colocar em causa a posição dominante da Apple, isto porque, a discográfica detém contratos com alguns dos artistas mais procurados da actualidade.




Recentemente o iTunes foi considerado o terceiro maior distribuidor de música online nos Estados Unidos, superando lojas como a Amazon. A nível mundial a loja detém uma participação de 76 por cento do mercado de música digital.




Notícias Relacionadas:

2007-06-25 - iTunes é o terceiro maior distribuidor de música dos EUA

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.