A Universidade do Minho apresenta hoje a WikiScore, um serviço a fazer lembrar a popular Wikipédia, mas adaptado ao universo da música clássica. A plataforma de trabalho colaborativo vem permitir que sejam carregadas para o serviço partituras de música que ficam acessíveis tanto sob a forma de notação musical como em áudio.

À semelhança do que acontece com a enciclopédia colaborativa mais famosa do mundo, também aqui o trabalho ficará a cargo de voluntários com conhecimentos na área, que queiram colaborar com a iniciativa. Para isso é preciso solicitar aos responsáveis pelo serviço a criação de uma conta de utilizador.

A plataforma permite que várias pessoas transcrevam ao mesmo tempo uma obra musical. Inseridas as obras no serviço, o sistema pode gerar automaticamente partituras e ficheiros áudio, da obra completa ou das partes ou dos instrumentos escolhidos pelo utilizador.

O objetivo é criar um repositório de música, até à data dispersa por documentos de difícil acesso e leitura, facilitando o acesso às pautas por parte de músicos amadores e profissionais de todo o mundo.

O serviço, apresentado hoje na 16ª Conferência Internacional de Publicações Eletrónicas, nasce de um trabalho desenvolvido na disciplina de Informática para a Musicologia, explicou ao Público um dos responsáveis pelo projeto.

Foi nesse contexto que foram lançados os projetos -piloto agora disponíveis para consulta, embora incompletos.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Joana M. Fernandes

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.