O WhatsApp Business, a versão empresarial da app, vai começar a ter um custo para as empresas que enviem mensagens instantâneas para os seus clientes, de forma a rentabilizar o seu serviço, lançado no início do ano.

A empresa lançou ainda a API do serviço, para permitir aos negócios maiores responderem com mais eficiência aos seus clientes via WhatsApp. As empresas que responderem em menos de 24 horas, não pagarão qualquer valor.

Adquirida pelo Facebook em 2014, a plataforma não indica qual o valor que os utilizadores irão pagar por mensagem instantânea, mas adianta que já existem cerca de três milhões de empresas interessadas neste novo serviço.

Com esta nova estratégia, o Whatsapp conseguirá estimular as empresas a responder mais rapidamente aos seus clientes, originando um feedback positivo e, consequentemente, uma maior procura pela plataforma. Isso poderá dar à tecnológica mais oportunidades de monetização, como uma possível cobrança por volume de mensagens.

Outra das novidades apresentadas pela rede social é o facto de passar a ter contas verificadas para, à semelhança do Facebook e do Twitter, proporcionar uma user experience mais segura.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.