A aplicação YouTube Gaming vai encerrar no próximo dia 30 de maio. O YouTube já tinha anunciado ter essa intenção no ano passado, por considerar que a plataforma veio causar “confusão” entre os fãs de videojogos, surgindo agora a confirmação de uma data oficial para o seu fim. Os utilizadores são agora encaminhados, na página oficial de ajuda, para o site principal do YouTube, onde foi criado um novo canal de gaming que vem substituir o portal anterior.

O YouTube explica na página os motivos que levaram à decisão: “Lançámos o YouTube Gaming como uma app independente para gamers, na qual testávamos novas funcionalidades com base no feedback da comunidade dos jogadores. Queremos continuar a desenvolver uma plataforma mais eficiente para a comunidade gamer, que cresce cada vez mais no YouTube e não apenas na aplicação YouTube Gaming. Mais de 200 milhões de pessoas acedem todos os meses à app principal do YouTube para interagir com os seus gamers e criadores de conteúdo favoritos”.

O YouTube Gaming foi lançado em 2015, com o objetivo de concorrer com plataformas como o Twitch, da Amazon. Foi promovido pelo YouTube como uma forma de melhorar a experiência de live stream e manter o conteúdo irrelevante afastado da comunidade gamer. Além disso, era utilizado para testar novas funcionalidades, como por exemplo o dark mode.

No entanto, a empresa chegou à conclusão de que a maioria dos utilizadores continuava a assistir a vídeos de jogos na aplicação principal, sendo que muitos nem compreendiam o motivo pelo qual o YouTube Gaming tinha sido criado. Além disso, o YouTube Gaming nunca chegou a ameaçar a liderança do Twitch. De acordo com dados revelados pela Engadget, a plataforma da Amazon tinha no início do ano cerca de 64 mil utilizadores que geravam 1,9 milhões de horas de conteúdo, contra 22 mil utilizadores que produziam 460 mil horas no YouTube Gaming.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.