Isabel dos Santos voltou esta semana a reforçar a participação na Zon. A empresária angolana, que já era a maior acionista, passa assim a deter 17,84% da companhia, avança a imprensa nacional especializada.

De acordo com o Diário Económico, o reforço do capital de Isabel dos Santos foi feito através da aquisição da posição de 2,8% que pertencia à Cinveste, pela qual a empresária terá pago 20,4 milhões de euros - um valor próximo dos 2,34 euros por ação que pagou quando adquiriu a posição de 5% que pertencia à Telefónica.

Segundo a mesma a fonte, o objetivo da filha de José Eduardo dos Santos continua a ser o de controlar entre 20% a 25% da operadora nacional, onde quer "ter uma voz ativa e central".

Além da participação direta na Zon, que agora se situa quase nos 18%, a empresária angolana detém também perto de 20% das ações do BPI, banco que controla 8% da operadora. Tem ainda 70% das ações da Zap, uma operadora angolana detida em 30% pela Zon.

Desde maio que a empresária é a maior acionista da operadora portuguesa, altura em que somou à participação de 10%, que detinha desde dezembro de 2009, os 5% do capital comprado à holandesa Jadeium.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Joana M. Fernandes

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.