Os accionistas da Sun mostram no próximo dia 16 de Julho a sua posição relativamente à proposta de fusão com a Oracle, um negócio que já mereceu o aval da direcção da empresa e que deverá por isso receber também uma maioria de votos favoráveis dos accionistas.

A reunião especial de accionistas vai recolher votos, fazendo cumprir os estatutos e se não houver surpresas fica dado mais um passo para concretizar o negócio, o que deverá acontecer até final do verão.

Na carta dirigida aos accionistas, publicada pela C|Net, não estão detalhes sobre o que irá acontecer no momento pós-fusão, mas apenas um resumo da forma como as duas empresas se aproximaram e chegaram ao memorando de entendimento para o negócio.

Seis de Novembro é a data que marca o início do processo que levaria a Sun ao mercado à procura de eventuais parcerias de negócio. Nessa altura a empresa tinha sido contactada por uma concorrente que oferecia uma parceria. Antes de responder a Sun decidiu consultar o mercado para perceber quais seriam as suas hipóteses se avançasse nesse sentido.

A Oracle só entra em cena em Fevereiro deste ano, acabando por chegar a acordo com a Sun dois meses mais tarde, com uma proposta de fusão em que oferece 9,5 dólares por acção ou 5,7 mil milhões de dólares.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.