A Advanced Micro Devices (AMD) enviou à Microsoft um "subpoena", um pedido que compreende a entrega de vários tipos de documentos que serão usados no processo antitrust que moveu contra a rival Intel, nomeadamente informação sobre a decisão da gigante da informática em desenvolver software para os CPUs de 64 bits da AMD e respectivos mapas e datas de desenvolvimento.



O pedido de documentação à Microsoft estava previsto, constando a empresa da lista original reunida pela AMD quando esta apresentou queixa contra a Intel, em Junho do ano passado. A segunda maior fabricante de processadores do mundo acusa a rival de acções anti-concorrenciais e coercivas junto de pelo menos 38 empresas, onde se incluem grandes fabricantes de PCs e distribuidores (ver Notícias Relacionadas).



"Sabemos que ambas as partes vão procurar reunir documentação, tanto junto da Microsoft como dos muitos outros players da indústria da informática", refere um porta-voz da gigante do software, citado pela Information Week, garantindo a colaboração da empresa no que lhe for requerido.



O pedido de documentação da AMD à Microsoft inclui uma série de documentos, entre eles mensagens de correio electrónico e outra correspondência trocada desde Janeiro de 2000, respeitante a planos de desenvolvimento de software, à inclusão da número dois dos processadores no planeamento de tecnologia e à discussão dos aspectos financeiros desses envolvimentos.



O subpoena, entregue à Microsoft a 13 de Abril, requer que a documentação seja disponibilizada até 15 de Maio.


Notícias Relacionadas:

2005-06-28 - AMD acusa Intel de práticas anti-concorrenciais em processo judicial

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.