A American OnLine (AOL) está a travar mais uma batalha judicial por alegada violação de direitos de autor nos seus serviços. Desta vez foi Judah Klausner que instaurou um processo de acusação contra a companhia americana alegando que a plataforma de serviços de voz que incluem a AOL Voicemail, AOL Call Alert, AOL by Phone e a AOL VOIP Internet Phone Service viola a sua patente, noticiou o The Register.

Actualmente a empresa Klausner Technologies possui mais de vinte patentes mundiais que capacitam a recuperação remota de mensagens de voz via Internet ou rede wireless usando uma exposição visual.

A sociedade de advogados Dovel & Luner responsável pelo processo que está a decorrer no Tribunal Federal do Estado de Virgínia, acredita que a AOL violou os direitos de propriedade intelectual de Klausner uma vez que os utilizadores destes serviços são notificados visualmente sempre que existem novas mensagens de voz e essas mesmas mensagens podem ser reproduzidas usando as suas exposições.

De acordo com Greg Dovel, um dos advogados de defesa de Klausner "esperamos uma resolução rápida do problema e a emissão de uma sanção dirigida à AOL para que esta fique impedida de usar esta tecnologia patenteada".

Entretanto, ninguém da AOL se mostrou disponível para comentar o assunto, contudo, um porta-voz da Time Warner afirmou que só depois de se analisarem todos os detalhes do processo é que serão tomadas as "opções legais". Se a AOL for considerada culpada terá de pagar uma indemnização no valor de 200 milhões de dólares.

Notícias Relacionadas:

2005-05-20 - Versão 8.0 do Netscape aumenta segurança contra spyware

2005-05-11 - AOL liga serviço de email gratuito a plataforma de Instant Messaging

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.