Em meados deste ano, a empresa de Cupertino já tinha mostrado os primeiros passos no universo da Realidade Aumentada, com a apresentação do novo ARKit, que possibilita tirar as medidas a objetos do mundo real e desenhar o que quiser no ar.

Agora, a Apple parece ter dado mais um passo em frente no mundo da realidade virtual, com o Techcrunch a afirmar que a empresa de Tim Cook concluiu a aquisição da Vrvana por 30 milhões de dólares.

A startup sedeada em Montreal, no Canadá, criou o Totem, um headset de realidade aumentada que ainda estava em desenvolvimento e não chegou a ser lançado para o público.

Com um design parecido ao do Oculus Rift, a ideia do dispositivo é ir mais além, implementando a realidade aumentada e permitindo que os utilizadores usem as duas tecnologias ao mesmo tempo. As imagens são capturadas e depois transmitidas, na parte de dentro, em dois displays OLED com uma resolução de 1440p, de forma a garantir mais fidelidade.

Os óculos também reunem outras tecnologias como sensores infravermelhos para detetarem os movimentos das mãos e do corpo do utilizador.

tek headset

Apesar de nem a Apple nem a Vrvana se terem pronunciado acerca desta aquisição, fontes confirmaram ao Business Insider que cerca de uma dúzia de funcionários da Vrvana, incluindo o CEO Bertrand Nepveu, estão a trabalhar no departamento de realidade aumentada da Apple há várias semanas.

Várias empresas de tecnologia já investiram no mercado da realidade virtual como é o caso da Samsung, Microsoft, Google e LG.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.