Receando o escalar das tensões entre os Estados Unidos e a China, a Apple pediu à Foxconn, a sua principal fabricante chinesa, para deslocar parte das linhas de produção do iPad e MacBook para o Vietname.

Segundo fontes a que a Reuters teve acesso, a gigante de Cupertino procura diversificar a localização das suas fabricantes, de forma a aliviar os impactos da guerra comercial. Ao que tudo indica, a Foxconn já está a preparar as linhas de produção na sua fábrica localizada na província de Bac Giang, no noroeste do Vietname, e espera-se que estejam operacionais no primeiro semestre de 2021.

Em declarações à agência noticiosa, a Foxconn recusou-se a fazer qualquer comentário acerca da deslocação de parte da produção dos equipamentos da Apple, devido à “política da empresa e por motivos de sensibilidade comercial”.

De acordo com o jornal económico Nikkei, a Foxconn está a planear um investimento de 270 milhões de dólares no Vietname com o objetivo de aumentar a sua capacidade de produção. A fabricante poderá deslocar mais de 30% das suas linhas de produção para fora da China.

Apple planeia deslocar entre 15% a 30% da sua produção para fora da China
Apple planeia deslocar entre 15% a 30% da sua produção para fora da China
Ver artigo

Recorde-se que, ainda em 2019, a Apple pediu aos seus principais fabricantes que avaliassem o custo da transferência de 15% a 30% da sua capacidade de produção da China para o Sudeste Asiático. Na altura, a empresa liderada por Tim Cook também temia os impactos negativos da guerra comercial entre Washington e Pequim e considerava que depender demasiado das fábricas chinesas seria arriscado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.