É apenas mais um sinal que quantidade nem sempre é sinónimo de qualidade. Apesar dos esforços da Google em tornar o Android no suprassumo do mercado dos sistemas operativos móveis, tendo até conseguido garantir que 80% dos smartphones enviados para as lojas sejam Android, a verdade é que continua a perder para a Apple quando o assunto é lucro.

Num relatório publicado pela Strategy Analytics, a Apple garantiu, no mercado de smartphones, 88,7% dos lucros, o que se traduz em 18,8 mil milhões de dólares, um aumento em relação aos 70,5% e consequentes 11,4 mil milhões de dólares de 2013. Já a Google ficou com os restantes 11,3%, ou 2,4 mil milhões de dólares, um decréscimo face aos 29,5% e consequentes 4,8 mil milhões de dólares de 2013.

Os dados revelam ainda o poderio da Apple quando se constata que os outros sistemas operativos móveis, como o Windows Phone, Blackberry e Firefox, não conseguiram gerar lucro. Contudo, estes dados dizem respeito apenas aos fabricantes e respetivos sistemas operativos, não fazendo parte do estudo os lucros gerados com, por exemplo, vendas de aplicações.

E, além de ser o sistema operativo mais rentável, o iOS é também aquele que mais paga aos programadores. No ano passado, os programadores receberam um total de 10 mil milhões de dólares de vendas de aplicações e compras in-app, uma diferença considerável face aos 7 mil milhões de dólares pagos pela Google a quem desenvolveu aplicações para Android.

Sem surpresas, é a Samsung a marca que mais lucro garante à Google, sendo logo seguida pela Huawei e Xiaomi, as duas maiores fabricantes chinesas de smartphones.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.