A disputa entre as duas empresas tem sido sempre feita taco a taco, mas na quarta feira a Apple conseguiu o feito de ultrapassar a Microsoft em valor bolsista, tornando-se a tecnológica mais valiosa. A mudança foi confirmada depois do fecho da sessão em Nova Iorque, com a Apple a valer 222,12 mil milhões de dólares enquanto a Microsoft valia 219,18 mil milhões.

A única empresa norte americana acima destes números é a Exxon Mobil, com uma capitalização bolsista de 278,64 mil milhões de dólares.

Este é mais um marco da história da Apple, que nos últimos anos se conseguiu reinventar de forma bem sucedida com a liderança de Steve Jobs.

Pelo contrário, desde que Bill Gates abandonou o comando da Microsoft, passando o testemunho a Steve Ballmer, a empresa tem vindo a perder peso na capitalização bolsista, como mostra um gráfico preparado pelo New York Times.

[caption]gráfico[/caption]

A Microsoft continua a dominar o mercado de software para computadores pessoais, mas tem enfrentado uma concorrência activa em mercados que assumem um grande relevo, como a Internet e os telemóveis.

É precisamente nos telemóveis, mobilidade e em modelos baseados na Internet, especialmente em música e aplicações, que a Apple tem vindo a conquistar maior peso. Mas o modelo "fechado" da empresa continua a ser contestado e a companhia arrisca-se a enfrentar momentos difíceis de escrutíneo na área da concorrência, como os que a Microsoft teve de passar nos Estados Unidos e na Europa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.