A operação teve lugar no sábado em Vila Nova de Famalicão e entre o material apreendido estavam CDs, DVDs, três torres de gravação, malas e capas de discos no valor de 30.000€.



Foi ainda detido um homem, de nacionalidade marroquina, mas a operação permitiu identificar todos os intervenientes no esquema, desde os vendedores ao consumidor final, passando pelos responsáveis pela produção "dos videogramas usurpados, culminando no desmantelamento de um canal de produção e distribuição", esclarece um comunicado da Autoridade.



As duas operações de busca domiciliária e a investigação que as motivou foram coordenadas pela Unidade Nacional de Informações e de Investigação Criminal, no âmbito do combate à Contrafação e Usurpação de Direitos de Autor.



As estatísticas da ASAE, disponíveis até final de 2012, mostram que o pico das apreensões de CDs e DVDs aconteceu em 2011, quando aquele organismo apreendeu perto de 300 mil discos contrafeitos, no valor de 4 milhões de euros.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.