As duas maiores tecnológicas de Taiwan podiam em breve partilhar um futuro conjunto: surgiram rumores de que a Asus queria avançar para a compra da HTC. Mas parece que as duas empresas não estão a pensar da mesma forma.

Do lado da Asus foi o próprio chairmain, Johnny Shih, quem admitiu que as portas não estão fechadas para uma possível aquisição da HTC, como salienta a Reuters.

No entanto e mesmo dentro da Asus parece haver quem não esteja muito de acordo com o negócio, pois a tecnológica sempre apostou num crescimento orgânico em vez de ter por base aquisições de outras empresas.

Mas para dançar o tango são necessários dois e a HTC parece não querer fazer parte deste esquema. Num comentário oficial emitido pela empresa e citado pelo TechCrunch, a também tecnológica de Taiwan “desmente fortemente as notícias [de aquisição]”.

“Não contactamos a Asus e não vamos considerar a aquisição. Como uma marca internacional, a HTC vai continuar a desenhar dispositivos inteligentes de classe mundial”.

Recorda-se que a HTC entrou recentemente em dois novos mercados, o das câmaras de ação e o da realidade virtual. No entanto a empresa tem passado por várias dificuldades e nos últimos meses foram vários os executivos que abandonaram as posições que ocupavam na tecnológica.

Do lado da Asus, além de uma convergência no mercado asiático, a empresa podia usar a HTC para alavancar uma nova estratégia mundial ao nível dos smartphones.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.