Co-fundador da Microsoft Bill Gates está há vários anos afastado da gestão diária da empresa, mas numa entrevista transmitida ontem pela CBS aceitou falar na forma como vê a gestão da dona do Windows e as opções estratégicas da atual equipa de gestão.



Bill Gates admitiu na entrevista que a Microsoft falhou na estratégia para o mercado móvel, mesmo considerando que não é uma aposta perdida. "Há várias áreas, como nos smartphones onde não conseguimos partir numa posição de liderança. Isso não significa que tenhamos perdido este mercado, mas é verdade que a forma como o endereçámos não nos permitiu liderá-lo e isso foi claramente um erro", defendeu.



A Microsoft está a ganhar terreno no mercado dos smartphones mas a ritmo lento. No último ano a parceria com a Nokia ajudou o sistema operativo da empresa a duplicar a quota no mercado mundial, mas ainda não chega aos 3%, muito longe da liderança do Android ou da posição do iOS da Apple, a segunda opção mais usada.



O responsável, agora dedicado às atividades de filantropia, aproveitou também a entrevista para sublinhar outras inovações da companhia onde reconhece maior sucesso, muitas das quais decididas já sob a gestão de Steve Ballmer. Exemplos referidos foram o da Xbox, Windows 8, Bing ou o do Surface.



Bill Gates sublinhou ainda que, tal como ele próprio, Steve Ballmer é uma das pessoas mais autocriticas que conhece. O sentido crítico que o carateriza, sendo também uma característica do atual presidente executivo da Microsoft, deixará em ambos a mesma perceção: a Microsoft tem inovado, mas podia ir mais longe. "Não, ele e eu não estamos satisfeitos se estivermos a falar de coisas disruptivas", admitiu Gates.



Nota de redação: Foi corrigida uma gralha no artigo.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.