Nas contas apresentadas hoje a empresa revelou lucros de 23 milhões de dólares para o trimestre terminado a 31 de maio, um valor que contrasta com o prejuízo de 84 milhões de dólares alcançado um ano antes.



No mesmo período as receitas atingiram os 966 milhões de dólares, contra os 3,1 mil milhões de dólares alcançados no mesmo trimestre do ano passado.


Os resultados refletem o impacto do plano de reestruturação do grupo, que nos últimos anos tentou diferentes estratégias para evitar a falência. O corte de custos e os despedimentos têm assumido lugar central neste esforço. plano que agora está em marcha tem mais uma características chave, que é focar a aposta em áreas que não a venda de terminais.


Neste segmento a BlackBerry tem caído a pique e está muito longe da liderança que um dia assumiu no mercado de smartphones norte-americano. A aposta do grupo está agora mais centrada nos serviços, como t~em comprovado vários anúncios recentes.

As previsões da IDC para este ano estimam uma quota de 0,8% para a BlackBerry no mercado de smartphones.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.